Fotografar é um debruçar-se lento por uma superfície, a espera de um sopro de luz, de uma fresta do tempo. É um olhar faminto, é penetrar e desorganizar as reentrâncias da forma, é tatear, emaranhar-se e perder-se numa rede frágil de fios de luzes e sombras, mergulhar em suas encostas.

Marli Wunder

IMG_6316 (2)